Em 2013 apenas, James McSill foi responsável por três best-sellers, duas edições esgotadas e diversas publicações comerciais, bem como, mais de duas dúzias de palestras, workshops e seminários em alguns dos maiores eventos na Europa, EUA e América Latina.  Descubra em  " 5 LIÇÕES DE STORYTELLING" os secretos de como criar estórias que capturam a imaginação do leitor, hipnotizam a audiência ou, para sempre, mudam vidas. 


 

PARA VOCÊ QUE SEMPRE SONHOU EM ESCREVER UM ROMANCE, A EDITORA DVS DISPONIBILIZA O ENVIO DOS PRIMEIROS CINCO VOLUMES DA SÉRIE  BOOK IN A BOX.

CLIQUE PARA ADQUIRIR!

O PORTAL **O Portal Carreira & Sucesso da CATHO** RECOMENDA A SÉRIE BOOK IN A BOX PARA QUEM ALMEJA UMA CARREIRA DE ESCRITOR

Você é muito bom no que faz?

O seu concorrente também!

Numa sociedade globalizada o que conta é quão bom você precisa ser em cada situação inusitada que se apresenta a cada momento. Então, o caminho mais curto entre a tarimba que você tem hoje e a tarimba que vai precisar ter amanhã é saber como manipular a narrativa do que você faz (bem) e adaptá-la ao interlocutor de amanhã. As suas estórias de sucessos passados não lhe garantem o futuro. O que garante o futuro é a sua habilidade e de inspirar, de mostrar caminhos, de narrar estórias, com base no passado, se quiser, do que está por vir.

A palavra mágica é:

Imagine

Imagine e crie uma narrativa (estória) onde estejam claros o princípio, o meio e o fim. O fim é o que você vai atingir depois de andar pelo caminho traçado, o meio.

Imagine-se rico: poderá ficar rico.

Imagine-se poderoso: poderá ter poder

Imagine…

Tenha visão!

Contar Estórias

O ato de contar estórias é uma poderosa ferramenta de comunicação que está se tornando cada vez mais reconhecida no mundo empresarial.

Estas estórias não são aquelas usadas geralmente para abrir palestras ou “quebrar o gelo”, e sim estórias que farão os outros confiarem no narrador e moldar decisões e ações que são importantes tanto para indivíduos quanto para organizações. Como o autor explica, nós fomos condicionados a acreditar que uma comunicação empresarial deve ser clara, racional, objetiva, sem espaço para a emoção ou para o pensamento subjetivo. Isso não é verdade. A comunicação mais poderosa, mais persuasiva tem um elemento humano: “Ela não é percebida como genuína sem a personalidade distintiva do ser humano em fornecer contextos.

Você precisa se destacar ao se comunicar – mostrar o seu verdadeiro eu, não o idealizado. O ingrediente que falta na maioria dos processos de comunicação que falharam é a humanidade. Entretanto, isso é algo fácil de consertar. A fim de acrescentar humanidade na transmissão da comunicação, tudo que você tem de fazer é contar mais histórias e bingo – você acabou de se destacar”.

James McSill

James é fundador e diretor executivo da McSill Ltd, Assessoramento Literário, Londres e do Story Studio, Yorkshire Studio para Mentoring, Coaching e Treinamentos 'in-company' ou à distância para autores, políticos, empresários e 'pessoas que precisam lidar com pessoas' , e da McSill Agency, São Paulo. É um dos consultores literários e de 'estórias' mais bem-sucedidos do mundo; seu trabalho abrange Europa, América Latina e América do Norte. É reconhecido por suas atividades pioneiras na indústria do livro. Linguista por formação, impulsionou metodologias como Task-based Learning, mudando o cenário do ensino de idiomas estrangeiros no mundo. Neste ano, acrescenta aos seus desafios a representação para a América Latina e Península Ibérica do prestigiado BritWriters’ Awards (Inglaterra). James é mentor certificado pelo Intitute of Enterprise and Entrepreneurs (IOEE).